Skip to main content
TD - eliminar arranhões - af

Como eliminar arranhões leves em peças de alumínio pintado

Comentamos em outro post aqui do Blog sobre Perfis de alumínio anodizado ou pintado em que trouxemos as principais diferenças entre os dois tipos de tratamento de superfície do alumínio.

 

Neste post, você vai saber:

– 5 vantagens das peças de alumínio pintado

– Cuidados na remoção de argamassa

– Removendo respingos de tinta látex

– Como eliminar arranhões leves em peças de alumínio pintado

– Peças de alumínio que sofreram impacto – O que fazer?

– Quais fitas adesivas devo usar durante a obra?

 

 Vamos rever alguma dessas diferenças antes de falar sobre cuidados na conservação do material?

 

A pintura eletrostática a pó apresenta vantagens quando comparada com a anodização.

 

Veja abaixo as 5 principais vantagens:

 

  1. Permite maior gama de cores aos arquitetos e maior uniformidade de cor que as peças anodizadas;
  2. Cobre os defeitos de veias de extrusão e ligas, que são salientadas na anodização;
  3. É possível retocar a pintura no local com tinta líquida e não apresenta perda de peso proveniente do pré-tratamento, como ocorre na anodização;
  4. É considerado mais resistente aos produtos ácidos e alcalinos, e maior resistência em zona industrial;
  5. Para zona industrial e marítima, o custo é menor que a da anodização.

 

Bom, agora vamos ver alguns cuidados na conservação de peças de alumínio pintado, pois pelo ambiente que transitam, é possível acontecer alguns acidentes – muitos deles reversíveis.

 

 Cuidados na remoção de argamassa

 

A primeira coisa é ter o cuidado de NÃO ESFREGAR o lugar afetado!

Para remover argamassa depositada sobre peças de alumínio pintado é importante não tentar esfregar um pano no local porque a areia irá atritar o alumínio pintado.

É recomendado jogar água sobre a área e esfarelar a argamassa com os dedos.

Você pode encontrar no mercado produtos levemente ácidos como por exemplo: removedor A 700, da Amplexa, que não atacam a pintura e removem os respingos da argamassa, ajudando em seu esfarelamento.

 

 Cuidados na remoção de respingos de tinta látex

 

Jamais utilize acetona ou Tíner ou thinner (em inglês) – um solvente para tintas e vernizes, muito utilizado em oficinas de funilaria e pintura de automóveis. Por ser um material volátil e altamente inflamável.

 

Importante: A utilização do álcool deverá ser somente para retirar o respingo de tinta látex. Não utiliza-lo como produto de limpeza

 

 Cuidados na remoção de arranhões leves

 

Para eliminar arranhões leves em peças de alumínio pintado, o ideal é o uso de cera de polir automotiva.

Os arranhões mais profundos pedem massa de polir automotiva nº2; no entanto, após a sua aplicação, a pintura perderá um pouco de brilho, que poderá ser melhorado com o uso posterior de cera do tipo Grand Prix.

 

 Cuidados com peças de alumínio que sofreram impacto

 

Peças pintadas que sofreram batidas fortes, a ponto de revelar o metal-base, podem ser condicionadas a um lixamento no local. recomenda-se o uso de lixas nº300 ou 400.

Antes de lixar, faça uma limpeza local com um pano umedecido em álcool e aplique a tinta líquida de retoque (alquídica modificada). Observe que seu uso é somente local e não serve para pintar grandes áreas, pois tem uma qualidade(dureza) inferior à de película de tinta curada em estufa.

 

 Fitas adesivas oferecem proteção durante a obra

 

As fitas adesivas podem ser usadas para proteger o perfil pintado durante a obra, e devem trazer garantia do fabricante quanto à resistência aos raios solares.

Pois não podem aderir demais à superfície e nem causar ressecamento sobre as peças pintadas até o momento de sua remoção.

 

Após a entrega da obra, a limpeza das esquadrias de alumínio deverá ser periódica, conforme a zona aplicada.

 

 Qual fita usar para proteção?

Busque empresas que oferecem soluções específicas para uso em pinturas e acabamentos.

 

Requisitos importantes na escolha da fita:

  • Pelo menos 7 dias de aplicação sem transferência de adesivo;
  • Resistência ao sol e chuva;
  • Resistência ao rasgamento;
  • Resistência a solventes;
  • Poder ser utilizada em ambientes externos e internos;
  • Alta performance em tarefas difíceis como pinturas de rodapés, esquadrias, roda-tetos, recortes.

 

Espero que esteja curtindo as dicas do nosso Blog.

 

faça um orçamento-tempermed-cta-blog