Skip to main content
TD - vidros coloridos - principais usos e detalhes de fabricação - af

Vidros coloridos: principais usos e detalhes de fabricação

Os vidros coloridos são os queridinhos na decoração de objetos e ambientes pois evidenciam a criatividade de arquitetos, designer de interiores e engenheiros. Mas não é só na parte estética que o vidro colorido ganha destaque. Saiba mais aqui.

 

Neste post:

Vidros Coloridos: detalhes de fabricação

Tipos de Vidros Coloridos

Possíveis aplicações do Vidro Colorido

Conforto térmico e visual nas edificações

 

Os vidros coloridos chamam atenção pelo efeito visual que proporcionam em diversos tipos de projetos, são vidros especiais com alto nível de personalização que evidenciam a criatividade de arquitetos, decoradores e engenheiros.

 

Mais que o efeito estético, os vidros coloridos estão também relacionados ao conforto térmico e visual nas edificações.

 

Neste post, vamos falar sobre:

  • Vidros Coloridos: detalhes de fabricação
  • Tipos de Vidros Coloridos
  • Possíveis aplicações do Vidro Colorido
  • Conforto térmico e visual nas edificações

 

Vidros Coloridos: detalhes de fabricação

 

Para transformar o vidro incolor em tons coloridos é utilizado o esmalte cerâmico sobre a superfície do vidro, essa mistura vai para o forno de têmpera e os pigmentos cerâmicos são incorporados na base do vidro, podemos obter dois tipos de vidros coloridos como:

 

Float – nas cores fumê, bronze e verde.

Ártico – nas cores amarelo, verde, azul e vermelho.

 

Tipos de vidros coloridos

 

Existem dois tipos principais de vidros coloridos no mercado:

 

Os serigrafados e os pintados a frio.

As técnicas para a fabricação dessas peças mudam conforme o seu processo, vidros coloridos pintados a frio recebem uma tinta por toda a sua extensão sendo feita através de uma pistola, a lavagem é feita com álcool isopropílico e a secagem deve ser feita ao natural.

 

Já os serigrafados recebem uma pasta hidrossolúvel de esmalte cerâmico, são colocados em fornos e resfriados, após sua fabricação o vidro serigrafado não poderá ser cortado ou moldado, isso ocorre pela textura altamente resistente que recebe no processo térmico de têmpera.

 

Resumindo…

 

Pintado ou Laqueado

São vidros comuns transparentes que recebem a cobertura de uma tinta (laca) no processo a frio, adquirindo grande variedade de cores.

 

Serigrafado ou Esmaltado

A técnica da serigrafia se traduz na aplicação de uma tinta vitrificada (esmalte cerâmico) no vidro comum, seguida de forno de têmpera para os pigmentos cerâmicos aderirem a sua superfície. O resultado é um vidro temperado com textura resistente inclusive a materiais pontiagudos. A esmaltação é semelhante, porém, não utiliza o processo de serigrafia. A tinta é aplicada por rolos em um equipamento especial automatizado. Os vidros serigrafados ou esmaltados podem compor fachadas, divisórias, portas feitas de vidro, boxes para banheiro, vitrines e outras aplicações.

 

Possíveis aplicações do Vidro Colorido

 

A transparência do vidro serigrafado, dependendo das cores e desenhos aplicados, variam de 0% a 100% e bloqueiam a ação dos raios solares, transformando este tipo de vidro em uma opção para sombreamento em fachadas e coberturas.

 

O vidro colorido é utilizado em diversas áreas como decoração de objetos para designers de interiores, armazenamento de cervejas para proteção dos raios solares, aplicação em construções civis e escritórios de arquitetura.

 

Os vidros coloridos temperados podem ser aplicados em banheiros, bancadas de escritórios, cozinhas, painéis decorativos e muitas outras possibilidades, por oferecerem alta resistência mesmo com altos impactos e objetos pontiagudos esses materiais não apresentam estilhaços.

 

 

Conforto térmico e visual nas edificações

 

Do ponto de vista do conforto ambiental, a radiação solar influencia diretamente o conforto térmico e visual nos projetos de arquitetura e edificações, aplicando vidros em janelas ou aberturas com suas superfícies transparentes, permite facilmente o ingresso luminoso no ambiente interno.

 

Atento a essa questão, o mercado tem desenvolvido soluções técnicas alternativas – sendo o vidro colorido um deles. Também tem os vidros termorrefletores, os filmes de controle solar, as micropersianas, as janelas de caixilhos duplos e triplos, vidros dicróicos e, mais recentemente, os vidros eletrocrômicos.

 

O maior benefício aqui é minimizar o consumo de energia de uma edificação por exemplo, com a racionalização do uso de sistemas de ar condicionado e de iluminação artificial, considerando que, ao longo do dia, o usuário vai definir quando permitirá ou não a passagem da radiação solar.

 

Agora que você já sabe tudo sobre vidro colorido, compartilhe este conteúdo exclusivo com quem possa interessar!

 

E, se quiser saber mais sobre os TIPOS DE VIDRO disponíveis atualmente, faça download do material abaixo.

dddd

 

faça um orçamento-tempermed-cta-blog