Skip to main content
td-esquadrias-de-aluminio-7-perguntas-frequentes-af

Esquadrias de alumínio: 7 Perguntas Frequentes

As esquadrias são utilizadas na construção civil como elemento de fechamento de vãos, principalmente através das janelas, portas persianas e venezianas. Estes componentes da edificação asseguram a proteção quando a penetração de intrusos, da luz natural e da água. Com a sua evolução, as esquadrias deixaram apenas de proteger e adquiriram também o lugar de decoração de fachadas.

As esquadrias devem atender as especificações e detalhes estabelecidos em normas técnicas, as exigências do usuário, adequadas à composição arquitetônica quanto a sua utilização, dimensão, forma, textura, cor e desempenho.

Veja abaixo as 7 Perguntas Frequentes sobre esquadrias de alumínio.

 

| 1. Principais vantagens das esquadrias de alumínio?

 

Além de possuir vários acabamentos e ser de um material extremamente durável, a esquadria de alumínio é geralmente muito precisa e estanque. O alumínio oferece muitas opções de acabamento e não enferruja, sendo adequado para construções à beira-mar, por exemplo. As janelas termoacústicas, muito utilizadas fora do Brasil, mas cada vez mais consumidas internamente por conta do barulho das grandes cidades, são geralmente de alumínio, utilizando um perfil mais parrudo e complexo, assim como vidros duplos ou triplos.

 

| 2. Que características deve ter uma boa esquadria?

 

É essencial verificar aqui todas as compatibilidades técnicas.
Observar sempre o deslizar das folhas, que devem ser acionadas com facilidade, e também os fechos, que precisam ficar inacessíveis pelo lado externo por uma questão de segurança.

Fique atento também à vedação da peça: quando fechada, não pode deixar frestas – verifique se há detalhes que ajudem na tarefa, como escovas ao redor das folhas.

Considerando as questões de desempenho (ABCIC, 1991), as esquadrias devem possuir condições principais de:

• Estanqueidade ao ar: característica de proteção dos ambientes interiores da edificação, contra infiltrações de ar que possam causar prejuízo ao conforto do usuário e/ ou gastos adicionais de energia a climatização do ambiente, tanto no calor como no frio;
• Estanqueidade à água: característica de proteção dos ambientes interiores da edificação, contra infiltrações de água provenientes de chuvas, acompanhadas ou não de ventos;
• Resistência a cargas: característica em suportar pressões de vento estabelecidas nas normas técnicas e que têm de ser compatibilizadas pelo projetista, segundo o seu local de uso;
• Resistência à operação de manuseio: característica em suportar os esforços provenientes de operações e manuseio prescrita nas normas;
• Comportamento acústico: característica em atenuar, quando fechadas, os sons provenientes de ambientes externos, compatibilizado com as condições de uso e as normas técnicas.

 

| 3. Qual o melhor tipo de acabamento em esquadrias de alumínio?

 

Muitos profissionais tem preferência pela pintura eletrostática a pó, pois deixa a peça mais fácil de manter.

 

| 4. Quais as principais medidas para esquadrias?

 

Medidas mínimas para as portas:
A de entrada deve ter no mínimo 0,80m de largura e 2,10m de altura – assim facilita a circulação e a passagem de móveis.

Em cômodos internos como o banheiro, essa largura pode ser menor, de 0,60 ou 0,70 m.

No caso das janelas, as medidas mínimas obedecem às necessidades de cada ambiente e é calculada em função da ventilação e iluminação.

Em quartos, a medida mínima deve ser de 0,90 m de largura e 1,20 m de altura.

 

|5. Como é feita a instalação de esquadrias de alumínio?

 

Normalmente, elas chegam em embalagem que protege as peças e deve ser retirada somente quando o acabamento das paredes estiver pronto. Isso porque o cimento tende a manchar o alumínio. Depois de abrir os chumbadores, fixa-se a esquadria com calços que garantem nível e prumo.
Quando a janela ou a porta estão alinhados, os chumbadores são fixados com argamassa.

Os vãos entre o caixilho e a alvenaria devem ser preenchidos com espuma de poliuretano ou silicone depois que a massa estiver seca para se evitar infiltrações.

 

| 6. Como recuperar o aspecto natural das janelas de alumínio?

 

O ideal aqui é chamar um especialista para avaliar a gravidade da restauração. De acordo com Nelson Kost, da Associação Nacional dos Fabricantes de Esquadrias de Alumínio (Afeal) – Se estiver comprometendo o funcionamento da janela por exemplo, recomenda-se trocar a peça. Em alguns casos, se a situação permitir, uma boa solução é retirá-la, desmontá-la com cuidado e submetê-la novamente ao processo de anodização ou pintura.

 

| 7. A Tempermed trabalha somente com um tamanho padrão de esquadrias?

 

Não. A Tempermed é uma fábrica e faz as esquadrias do tamanho desejado. Executamos qualquer medida de acordo com uma análise técnica da equipe de Engenharia conforme especificações técnicas do projeto requerido.

 

 

Leia também:

“Perfis de alumínio: Anodização ou pintura a pó – Entenda a diferença” 

“Janelas de alumínio – Tipos e vantagens”

“Esquadrias: Dicas e Cuidados após a instalação”